E-Sus

E-SUS AB

Apresentação

O objetivo brasileiro de ter um Sistema Único de Saúde (SUS) que efetivamente cuida da população, demanda organização e capacidade de gestão do cuidado à saúde cada vez mais efetivas. Para atingir esse desafio, no contexto do maior sistema público de saúde do mundo, é essencial ter Sistemas de Informação em Saúde (SIS) que contribuam com a integração entre os diversos pontos da rede de atenção e permitam interoperabilidade entre os diferentes sistemas.

O e-SUS é uma das estratégias do Ministério da Saúde para desenvolver, reestruturar e garantir a integração desses sistemas, de modo a permitir um registro da situação de saúde individualizado por meio do Cartão Nacional de Saúde.

O nome, e-SUS, faz referência a um SUS eletrônico, cujo objetivo é sobretudo facilitar e contribuir com a organização do trabalho dos profissionais de saúde, elemento decisivo para a qualidade da atenção à saúde prestada à população.

O e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) é uma estratégia para reestruturar as informações da saúde na Atenção Básica em nível nacional. A qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS faz referência ao processo de informatização qualificada do SUS em busca de um SUS eletrônico.

O sistema de software público e-SUS AB é um sistema de apoio à gestão do processo de trabalho que pode ser utilizado da seguinte forma:

O sistema e-SUS AB foi desenvolvido para atender às necessidades de cuidado na Atenção Básica. Logo, o sistema poderá ser utilizado para por profissionais das equipes de AB, pelas equipes dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), do Consultório na Rua (CnR) e da Atenção Domiciliar (AD), oferecendo ainda dados para acompanhamento de programas como Saúde na Escola (PSE) e Academia da Saúde. A primeira versão do sistema apóia a gestão do processo de trabalho das equipes por meio da geração de relatórios, sendo que, a segunda versão contemplará várias ferramentas de apoio à gestão.

Acesse a página do Sistema E-SUS: http://dab.saude.gov.br/portaldab/esus.php

 

E-SUS HOSPITALAR

O QUE É O E-SUS HOSPITALAR?

O e-SUS é uma das estratégias do Ministério da Saúde para desenvolver, reestruturar e garantir a integração desses sistemas, de modo a permitir um registro da situação de saúde individualizado por meio do Cartão Nacional de Saúde.

O e-SUS, faz referência a um SUS eletrônico, cujo objetivo é facilitar e contribuir com a organização do trabalho dos profissionais de saúde, elemento decisivo para a qualidade da atenção à saúde prestada à população.

O e-SUS Hospitalar é o novo sistema de gestão hospitalar do Departamento de Informática do SUS - DATASUS, desenvolvido em tecnologia 100% web com base em processos organizados e interligados, incluindo importante ferramenta de work­flow, que auxilia na obtenção dos objetivos de cada entidade.

O e-SUS Hospitalar é um software de gestão hospitalar completo, desenvolvido em tecnologia web. Este software tem licença de uso do Ministério da Saúde e substitui o sistema HOSPUB.

O e-SUS Hospitalar tem seu foco no HIS (Hospital Information System) e PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente), além de oferecer uma ferramenta para geração de relatórios, formulários dinâmicos baseados em metadados, painel de indicadores de gestão, sistema de laboratório e ERP. Ele pode atender as demandas de Hospitais Públicos na esfera Federal, Estadual e Municipal, bem como o Projeto S.O.S. Emergências, UPA´s e todas as demandas no âmbito do Ministério da Saúde.

Algumas funcionalidades do e-SUS Hospitalar

• Prontuário Eletrônico

Conforme a Resolução CFM nº 1638/2002, prontuário eletrônico é o conjunto de informações assistenciais, oriundas de atendimentos de saúde, em diferentes âmbitos (ambulatorial ou internação), registradas de forma eletrônica. Assim é o Prontuário Eletrônico do e-SUS Hospitalar. Trata-se de um módulo utilizado pelas equipes assistenciais, onde são registrados: sinais vitais, evoluções, prescrições médicas, prescrições de enfermagem, planejamento terapêutico, checagem de enfermagem, solicitação de exames, resultados de exames e etc., de forma estruturada.

• Classificação de risco

O sistema de Classificação de Risco do e-SUS Hospitalar permite identificar e registrar a gravidade do paciente durante o atendimento, de forma que a equipe assistencial consegue identificar, através de cores e formulários dinâmicos, a necessidade de priorizar ou não o atendimento de um determinado paciente em relação a urgências e emergências.

• Formulários Dinâmicos

O e-SUS Hospitalar contempla uma ferramenta para a construção de formulários dinâmicos que agregam valor ao Prontuário Eletrônico, pois possibilita o registro de informações do histórico clinico do paciente.

• Rastreabilidade

Com o e-SUS Hospitalar é possível identificar/rastrear toda a medicação do paciente.

• Agendamento Ambulatorial

O módulo de Agendamento do e-SUS Hospitalar foi construído para absorver demandas de hospitais de grande produtividade.

Através deste módulo é possível agendar qualquer tipo de procedimento, passando por consultas, exames e cirurgias.

O e-SUS Hospitalar dispõe de um Módulo de Agendamento que permite, de maneira muito ágil, incluir as preferências do paciente, em relação a datas, turnos, horários, profissionais, entre outros, de forma totalmente customizável, e, a partir de um único comando, identificar os horários disponíveis e compatíveis com tais preferências. Trata-se de uma funcionalidade perfeita para implementação de call centers ou agendamentos centralizados.

Quem poderá usar o e-SUS Hospitalar?

Hospitais públicos federais, estaduais e municipais poderão usar o e-SUS Hospitalar.

Desenvolvimento e manutenção do e-SUS Hospitalar

O DATASUS, que é o proprietário exclusivo dos códigos-fontes do e-SUS Hospitalar, fará toda a manutenção e o desenvolvimento de novas funcionalidades do sistema. O DATASUS recolherá sugestões de novas implementações e funcionalidades pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Para maiores informações:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

E-SUS SAMU

Conceitos

O sistema utilizado para captura de dados do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi desenvolvido para funcionar de forma autônoma, será realizada a integração do sistema desenvolvido para o SAMU, e também os registros dos procedimentos que tiverem sido realizados nos atendimentos de urgência e que deverão ser incorporados nos boletins de produção gerenciados pela central de regulação.

O sistema também terá a capacidade de articular os processos, potencializando sua utilização.

Este sistema possui características importantes para o registro de dados, como:

Fidedignidade nas informações

O sistema funcionará com absoluta fidelidade das informações coleta das através da conversação telefônica que dará origem a estes dados.

O sistema foi construído para incorporar dados de maneira sucinta e automatizar ao máximo esta tarefa. O mesmo está preparado para incorporar informações a respeito dos terminais e telefones que o demandam de maneira imediata, incorporando e recuperando dados dos arquivos permanentes, elaborados a partir das bases de dados das operadoras de telefonia ou dos atendimentos realizados anteriormente.

Rapidez na coleta de dados

O sistema poderá ser vinculado ao serviço telefônico e possuir o endereçamento do município, sendo a coleta de dados mais rápida.

Acesse a página do Sistema SAMU: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1787