Opção selecionada: Painéis de monitoramento (SVS)

Painel de monitoramento sobre nascidos vivos - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento do excesso de cesáreas (grupos de Robson) - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da Regularidade no envio de dados de natalidade - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento sobre mortalidade por causas específicas (CID10) - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da mortalidade prematura por Doenças Crônicas - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da mortalidade Infantil e fetal - notificação e investigação - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da mortalidade de Mulher em idade fértil e materna - notificação e investigação - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da Qualidade da definição da causa de morte (garbage codes**) - 1996 até o momento atual*

Painel de monitoramento da Regularidade no envio de dados de mortalidade - 1996 até o momento atual*

* Os dados oficiais são publicados 15 meses após o final do ano de ocorrência e representa o total de eventos daquele ano para fins de cálculo de indicadores de mortalidade geral, infantil, materna e por qualquer outra causa, bem como indicadores de natalidade. Os dados preliminares são publicados a cada 2 meses. Embora seja parcial para o ano em curso, este dado é útil para fins de monitoramento de políticas específicas. Também publica-se o dado preliminar (quase final) relativo ao ano anterior, 10 meses após o final do ano de ocorrência. Este dado preliminar quase final também serve para cálculo de indicadores de mortalidade e natalidade, mas devem ser tomados como preliminares, pois podem ser incrementados de modo residual, o que contribui para a melhor qualidade do dado finalizado.

** São consideradas pouco úteis, as causas de morte que não contribuem para o planejamento e adoção de medidas de prevenção ou promoção da saúde. Os codificadores de causas de mortalidade referem-se a estes óbitos como aqueles cuja causa básica faz parte de uma lista de Códigos Garbage(CG). São cujas causas básicas de óbito tem diagnósticos indefinidos ou incompletos, que não indicam a causa específica de morte, a exemplo de septicemia, paralisia cerebral, insuficiência renal, entre outros. Sistemas de registro de mortalidade com alta proporção deste tipo de causa têm sua qualidade comprometida e dificulta a identificação de prioridades.