Processos

Representam os grupos de processos e o detalhe de cada tarefa com seu objetivo, entrada, descrição das atividades, saída, ferramenta e ator.

O mapeamento de processo está classificado entre:

   Projeto

   Manutenção

processo MDS


Projeto

Consiste no desenvolvimento de novos sistemas ou módulos de sistemas que darão apoio aos programas do Ministério da Saúde. Para o desenvolvimento, utiliza-se o processo de engenharia de software de modo a garantir que o produto seja de qualidade e que atenda às necessidades dos usuários. No âmbito do DATASUS, consideram-se os seguintes tipos de projetos:

• Projeto de Desenvolvimento

Consiste no esforço necessário para o atendimento de uma demanda do tipo “novo sistema”, ou seja, a criação de uma nova aplicação para atender às necessidades de negócio dos gestores.
Os projetos de desenvolvimento podem se enquadrar em várias modalidades, que impactam no fluxo e artefatos utilizados:

Desenvolvimento padrão;
Desenvolvimento usando ferramentas, como exemplos: SharePoint, IBM Máximo, ferramenta de automação de processos;
Desenvolvimento de Aplicação de Tabulação, como exemplos: TabNet, Tabwin.


• Projeto de Melhoria

Consiste no esforço necessário para o atendimento de uma demanda de manutenção para evolução de um sistema já existente. Normalmente os projetos de melhoria estão associados a demandas evolutivas ou adaptativas, com tamanho funcional significativo e/ou alta criticidade para o negócio e/ou complexidade de desenvolvimento.

 

Manutenção

A manutenção de sistemas ocorre após a entrada do sistema em produção ou, ainda, durante sua homologação, quando houver mudança de escopo. Pode ser um processo que envolve mudanças para corrigir erros, uma melhoria negocial e/ou melhoria técnica para otimização de um sistema. Esta manutenção inclui um grupo de atividades que são executadas durante o ciclo de vida da aplicação.

 

• Manutenção Corretiva

Mudanças no sistema (versão de produção) para corrigir defeitos e/ou deficiências que foram encontrados durante a utilização pelo usuário final. Não envolve mudanças nas funcionalidades de negócio, mas assegura que cada funcionalidade existente seja executada conforme requerido. Existem duas categorias para manutenção corretiva que seguem um fluxo diferenciado dentro do processo. São elas: as manutenções dentro do prazo de garantia e fora do prazo de garantia.

 • Manutenção Evolutiva

A evolução (melhoria) de sistemas visa implementar novas funcionalidades, adequar funcionalidades existentes ou excluir funcionalidades, buscando melhorar sua aplicabilidade e usabilidade dentro da organização.
Normalmente, manutenções evolutivas têm fases de Iniciação e Elaboração menores, pois a definição e a arquitetura básica do produto foram determinadas pelos ciclos de desenvolvimento anteriores.

   • Manutenção Adptativa

Adequação do sistema às mudanças de ambiente operacional e/ou infraestrutura, compreendendo hardware e software básico, mudanças de versão, linguagem, SGBD e ajustes de performance ou de segurança, que não impliquem inserção, alteração ou exclusão de funcionalidades.

 

manutencao mds