Ferramenta é a principal porta de acesso às informações do SUS

youtube digisusUm vídeo produzido pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS/SE/MS) apresenta as funcionalidades e os benefícios do aplicativo Meu DigiSUS, principal porta de acesso às informações de saúde do SUS.

A ferramenta integra mais de 12 sistemas de saúde, possibilitando que a população tenha na palma da mão os dados clínicos e pessoais.

Os cidadãos podem acompanhar, via celular, suas consultas e exames ambulatoriais, nas UBS informatizadas; dispensação de medicamentos; visualização do histórico de suas solicitações; posição na fila do Sistema Nacional de Transplantes; entre outras funcionalidades relacionadas à saúde pública.

Assista ao vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=XsCMBDAQ9M4&t=154s

Ações inovadoras do Ministério da Saúde foram apresentadas na oportunidade

 

natal03As recentes entregas tecnológicas do Ministério da Saúde foram apresentadas durante a 2ª Conferência Internacional de Inovação em Saúde, realizada entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, em Natal (RN), organizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

 

O diretor do Departamento de Informática do SUS (DATASUS/SE/MS), Guilherme Telles, durante palestra aos participantes do evento, destacou a importância de programas e projetos que contribuem para o avanço da informatização do Sistema Único de Saúde Brasileiro e apresentou o Programa de Informatização das Unidade Básicas de Saúde (PIUBS).

 

Telles também explanou sobre os desafios de implementar o Registro Eletrônico de Saude (RES), que é o repositório único de informações sobre a saúde do cidadão, abordou ainda a influência da tecnologia para a formação na área da saúde, reforçando a relevância do processo de capacitação de profissionais do SUS na temática informática em saúde.

 

natal02Na oportunidade, foi divulgado um vídeo que mostra os benefícios do aplicativo Meu DigiSUS, uma ferramenta que integra mais de 12 sistemas de saúde, possibilitando que os cidadãos tenham na palma da mão as informações clínicas e pessoais.

 

O evento reuniu especialistas, estudantes e gestores da área da saúde e teve como objetivo abordar os desafios e a importância das discussões em torno das tecnologias e da inovação em saúde para os países em desenvolvimento. Durante a conferência, os palestrantes reafirmaram que a inovação tecnológica é um meio efetivo para a consolidação da resposta em saúde, contribuindo, assim, para a melhoria dos sistemas de saúde. 

fundataPossíveis aplicações da Lógica Fuzzy na Gestão da Informação e do Conhecimento. Este foi o tema da pesquisa de pós-doutorado, realizado de 2012 a 2015, na Alliance Manchester Business School, Universidade de Manchester, Inglaterra, apresentada pelo analista de sistemas Ilan Chamovitz, servidor do DATASUS lotado no Rio de Janeiro.

O trabalho foi apresentado, também, no  XIV Congresso Nacional de Excelência em Gestão, realizado nos dias 27 e 28 de setembro, também na capital fluminense.

De acordo com Ilan, "a pesquisa teve por objetivo explorar ações voltadas à Gestão da Informação e do Conhecimento na Universidade de Manchester, a fim de estudar a avaliação de mensagens em fóruns educacionais e outras possibilidades de uso de novas tecnologias em educação." O servidor disse, ainda, que o trabalho foi parcialmente apoiado pelo Ministério da Saúde, por meio do DATASUS.

"Foi considerado importante disseminar o conhecimento de alguns temas explorados no Brasil e buscar possibilidades de cooperação em pesquisa com pesquisadores do Brasil e da Inglaterra, tendo em vista a aplicação de modelos nebulosos em Serviços, mais precisamente em Gestão, Tecnologia da Informação, Educação e Saúde", explicou ao autor da pesquisa.

O aplicativo Meu DigiSUS, desenvolvido pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS/SE), ficou entre os quatro finalistas do Prêmio HDI EXPOGOV 2018 ’Iniciativa de TI ao cidadão’. A ferramenta disponibiliza para o usuário informações pessoais e clínicas contidas em 12 sistemas de saúde.

A apresentação do Case de Sucesso foi realizada, nessa quinta-feira (18/10), pelo diretor do DATASUS, Guilherme Telles, em Brasilia, durante evento conduzido pelo HDI, instituto mundial voltado para o desenvolvimento do mercado de serviços e suporte de tecnologia da informação. O encontro teve como objetivo abordar os modelos de gestão de serviços de TI sob a ótica das particularidades do setor publico.

Telles destacou que a classificação é resultado da relevância do projeto para os cidadãos que estão na ponta. “Este reconhecimento reflete o esforço da equipe do DATASUS que trabalha em prol da modernização e da redução de burocracias na administração pública”, reforçou.

As iniciativas inscritas foram analisadas pelo comitê gestor do HDI. O grupo é formado por profissionais da área de TI que atuam no setor público nacional, em instituições municipais, estaduais e federais.

foto premio

Lançamento da publicação aconteceu durante Congresso Brasileiro de Informática em Saúde em Fortaleza-CE

 

O artigo “Ações Tecnológicas”, escrito pelo diretor do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS/SE/MS), Guilherme Telles, foi publicado na 5ª Edição da Pesquisa TIC Saúde, durante o XVI Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, realizado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), em Fortaleza-CE, por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

 

TICS04Ao longo do documento foram abordadas as ações conduzidas pelo Departamento para a total implantação da estratégia em todo o Brasil, bem como os desafios enfrentados para a entrega de uma infraestrutura robusta que suporte os projetos e ações, qualificando a gestão da saúde por meio eletrônico.

 

Na oportunidade, Guilherme Telles destacou os esforços realizados no Ministério da Saúde para o alcance da meta de que o SUS seja totalmente digital. “Alcançar a assistência universal à saúde implica disponibilizar serviços eficazes, como o Prontuário Eletrônico do Paciente, que eliminará da vida do usuário deslocamentos desnecessários. Isso reduzirá tempo de espera nas filas, além de proporcionar agilidade e redução de custos para os cofres públicos”, apontou.

 

O diretor do DATASUS participou da mesa de lançamento da Pesquisa juntamente com o gerente do Cetic.br, Alexandre Barbosa, a coordenadora científica da pesquisa, Heimar de Fátima, a presidente da SBIS, Beatriz Leão e com o professor do Instituto do Coração Marco Gutierrez.

 

O QUE É A PESQUISA

TICS08A TIC Saúde tem o objetivo de investigar a profundidade das TIC nos estabelecimentos de saúde e sua apropriação por profissionais de saúde (médicos e enfermeiros). A análise considera as informações adotadas pelo Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) do DATASUS.

Para acessar a pesquisa na íntegra, assim como rever a série histórica, visite: http://cetic.br/pesquisa/saude/indicadores.

 

Leia o estudo completo aqui>

https://cetic.br/publicacao/pesquisa-sobre-o-uso-das-tecnologias-de-informacao-e-comunicacao-nos-estabelecimentos-de-saude-brasileiros-tic-saude-2017/

 

SOBRE O CONGRESSO

O CBIS é o mais tradicional congresso na área de informática em saúde da América Latina, realizado a cada dois anos desde sua primeira edição, em 1986.