Jacson Barros, apresenta a nova equipe de coordenadores-gerais e projetos estratégicos do DATASUS em reunião da CTIIS

 

O Departamento de Informática do SUS - DATASUS, apresentou através de seu diretor, Jacson Barros, a nova estrutura do departamento, com a criação das Coordenações-Gerais de Inovação em Sistemas de Saúde - CGISD, Governança e Gestão de Projetos em Tecnologia da Informação e Comunicação – CGGOV e Sistemas de Informação e Operação – CGSIO, que juntamente com a Coordenação-Geral de Infraestrutura – CGIE, completam os quatro pilares na nova estrutura do departamento. A frente das Coordenações-Gerais estão:

 

            Henrique Nixon Souza da Silva – CGSIO

            Roberta Massa Batista Pereira – CGGOV

            Juliana Pereira de Souza Zinader – CGISD

            Frank James da Silva Pires – CGIE

ORGANOGRAMA FOTOS

A nova equipe tem como objetivo gerir a evolução tecnológica do SUS e ampliar a comunicação com todos entes e usuários do departamento, estando alinhada com os objetivos da estratégia e-Saúde (Saúde Digital) para o Brasil. Jacson Barros ressaltou ainda a importância da Coordenação de Suporte ao Usuário – COSUP, criada para realizar o atendimento e suporte ao usuário de forma ágil e transparente. Um dos principais projetos da nova gestão tem como foco a inovação e a integração de informações na Saúde.

Projetos Estratégicos:

RNDS - Rede Nacional de Dados em Saúde é uma plataforma com o objetivo de promover a criação de um Prontuário Único do Paciente através da troca de informações entre diversos níveis de atenção à Saúde, permitindo a continuidade do cuidado com qualidade, garantindo maior eficiência no atendimento clínico do cidadão e a redução dos custos na gestão da saúde.

 Rede RNDS

Ressaltando a importância do novo Plano Diretor de Tecnologia de Informação e Comunicação-PDTIC (2019/2021), assim como os seus objetivos estratégicos:

 

  • Promover a tecnologia de informação e comunicação;
  • Contribuir na governança e na ampliação da comunicação com as demais instituições;
  • Investir em inovação e integração das informações em Saúde.

 

Destacou a importância da manutenção das tecnologias existentes e fortalecimento das ações já realizadas pelo DATASUS e demais departamentos do Ministério da Saúde. Informou que também foi criado um Núcleo para a discussão da nova Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD e seus possíveis impactos na saúde, visto a importância do tema.

 

 

No final da apresentação, foi aberto espaço para questionamentos sobre o novo momento do DATASUS, com os representantes das áreas de tecnologia da Secretarias de Estado de Saúde. Por fim, agradeceu a oportunidade e ressaltou a importância deste canal entre o DATASUS e o CONASS.