Ministério da Saúde

DATASUS

Conecte SUS Cidadão é integrado com a RNDS e fornece resultados de exame de COVID-19

publicado: 04/08/2020 18h30,
última modificação: 04/08/2020 18h38

Por meio da ferramenta, usuário já tem acesso aos resultados dos exames para coronavírus realizados em laboratórios credenciados

O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Informática do SUS (DATASUS), apresentou nesta segunda-feira (3), em Brasília (DF), o portal e o aplicativo do Conecte SUS Cidadão, iniciativa que vai interligar as informações de saúde dos diversos pontos da Rede de Atenção à Saúde. Grande novidade da ferramenta, agora o usuário pode visualizar os resultados dos exames para detecção do coronavírus realizados em laboratórios já credenciados.

Também houve uma modernização da tecnologia e segurança, que coloca todas as informações na nuvem. O cidadão acessa seus dados por meio do celular, computador ou tablet, utilizando apenas o CPF. A base de informações fornecida ao usuário pelo Conecte SUS só é possível por meio da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), plataforma nacional de integração de dados em saúde construída pelo DATASUS. Como o Conecte SUS Cidadão está conectado com a RNDS, os usuários podem acessar no app informações sobre seus medicamentos, suas consultas, seus exames, suas vacinas, os remédios disponibilizados na Farmácia Popular, dados e orientações sobre doação de sangue, informações e orientações sobre transplantes de órgãos, entre outras funcionalidades.

Para o diretor do DATASUS, Jacson Barros, o Conecte SUS Cidadão revoluciona a saúde brasileira, inserindo o país na vanguarda da estratégia em Saúde Digital. “O Brasil inicia uma nova fase na transformação digital do SUS, seguindo os passos dos países do primeiro mundo, disponibilizando o acesso à informação em saúde para o cidadão, de forma ágil e segura”, ressaltou.

Wallet

Outra funcionalidade importante do ConecteSUS Cidadão é o calendário de vacinas. Nele, o cidadão consulta todas as vacinas aplicadas nas redes pública e privada, com informações como dose, lote e validade. Essa funcionalidade é automática e não exige mais que o usuário cadastre manualmente esses dados. Além disso, é possível acessar o calendário de vacinas previstas para crianças, adolescentes, gestantes e adultos.

Até o fim da semana, o aplicativo vai ofertar o Wallet, um formato de apresentar o cartão de vacinação validado pelo Ministério da Saúde, a fim de facilitar o controle do cidadão ao viajar. Assim que a vacina da Covid-19 estiver liberada, a iniciativa prevê que as permissões de viagens estarão limitadas a pessoas já vacinadas contra a doença. No entanto, o Wallet também trará todas as outras vacinas.

ConecteSUS profissional

O Ministério da Saúde também está trabalhando no desenvolvimento da versão Conecte SUS Profissional, que traz todas as funcionalidades que os usuários têm acesso no Conecte SUS Cidadão. A iniciativa já está funcionando como experiência piloto em dez municípios que usam o e-SUS AB.

Por meio do app, o profissional de saúde terá acesso às informações dos pacientes que consentiram compartilhar seus dados e tornaram público seu perfil. O profissional de saúde poderá pesquisar as informações do paciente, como nome, resultado de exames, histórico, vacinas, etc. Importante lembrar que todo o conteúdo que o usuário pesquisar fica guardado no histórico.