Ministério da Saúde

DATASUS

Datasus publicou novo Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério da Saúde (PDTIC) 2022 – 2024

publicado: 17/05/2022 16h33,
última modificação: 27/05/2022 14h05

O plano apresenta ações que viabilizam a entrega de serviços de tecnologia e soluções digitais seguras ao SUS e aos cidadãos, para os próximos 3 anos

O Departamento de Informática do SUS (Datasus) publicou no dia 14 de março o novo Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério da Saúde (PDTIC/MS), para o próximo triênio.  O planejamento abarca temas como, o inventário de necessidades de TIC priorizado, inventário de ativos de TIC, plano de metas e ações, plano de gestão de pessoas, plano orçamentário, plano de gestão de riscos, principais desafios e perspectivas, análise do PDTIC 2019-2021 e gestão do PDTIC 2022-2024.

O PDTIC é um instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de TI, com vistas a orientar o atendimento de necessidades tecnológicas e de informação do Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O plano para o próximo triênio foi construído a partir das diretrizes da Política Nacional de Informação e Informática (PNIIS/2021) e Estratégia de Saúde Digital (ESD28), com aderência à Estratégia de Governo Digital (EGD) e alinhado às estratégias da Pasta.  

O diretor do Datasus, Merched Cheheb, falou sobre a importância do plano para possibilitar o controle sistemático e dinâmico do atendimento às necessidades de TIC no MS. “As ações do novo PDTIC preparam as funções de TIC do MS para atender de forma qualificada as demandas priorizadas de transformação digital e pleno alcance das necessidades dos cidadãos, estados e municípios. Bem como acolher com critério as demandas extraordinárias que serão tratadas por meio de um processo específico de controle de respostas, riscos e benefícios”.

 

A elaboração do plano foi conduzida pela Coordenação-Geral de Governança e Gestão de Projetos em Tecnologia da Informação e Comunicação (CGGOV/Datasus), por meio da Coordenação de Governança Estratégica em TIC (CGOV), que atua de forma operacional na construção e monitoramento do PDTIC, a equipe da governança descreveu em entrevista, sobre a importância do documento para identificar e levantar as necessidades do MS, em aderência aos órgãos de controle, com transparência e conformidade com as legislações, bem como, induzindo a melhoria do planejamento e custo-benefício das execuções. A equipe pontuou ainda o desafio de se construir o plano 22/24 de forma inovadora, utilizando ferramentas que ofereçam uma nova usabilidade do PDTIC, contando com metodologias como por exemplo o uso do Design Thinking durante as sessões de debates, e aplicação de 11 Diretivas Estratégicas, que resultaram em 18 Objetivos Estratégicos. O documento foi desenvolvido no período de 8 meses, em conjunto com as demais coordenações e secretarias, oferecendo uma maior maturidade na entrega.

A CGOV trabalhou com análise e estudo de uma linha lógica que visa suprir as demandas de TIC do MS, envolvendo a identificação das necessidades, atividades priorizadas, orçamentos, riscos e execuções. Como explicou o Coordenador-Geral da CGGOV, Jairton Junior “Quando falamos em plano diretor estamos olhando para o todo e levantando as necessidades que irão agregar valor ao negócio, para que através da governança, possamos conseguir dar encaminhamento às demandas dentro do planejamento, visando alcançar as necessidades de TIC do próprio Ministério da Saúde”. A coordenadora da CGOV, Graziella Cervo, também pontuou sobre o trabalho em conjunto com as secretarias do MS e a percepção do direcionamento do novo plano “A governança atuou por cerca de 8 meses na construção do plano, iniciando antes mesmo do término do PDTIC anterior, trabalhamos ‘full time’ para levantar e identificar todas as prioridades em TIC das áreas do MS. Durante este processo percebemos uma maturidade maior por parte das Secretarias que aderiram de forma eficaz ao Inventário de Necessidades e estiveram favoráveis em relação às ações que o Datasus estabeleceu para o plano”.

O acompanhamento do PDTIC é realizado pela CGOV durante todo período vigente, por meio de monitoramentos semestrais e apresentação de relatórios em comitê, com objetivo de analisar as metas, ações, prazos, e outros procedimentos. O primeiro monitoramento do PDTIC irá ocorrer em junho/2022, este acompanhamento permitirá com que os envolvidos se manifestem caso observem a necessidade de reanálise ou revisão do material, essa fase é chamada de “primeira fase de execução da consistência do PDTIC”. O plano poderá ser atualizado com novas análises de impacto e custo, em face de alguma situação que esteja prevista ou algum cenário emergencial que exija novos planejamentos, a ação é realizada nos comitês gestores, Comitê Executivo de TIC (CETIC/MS) e Comitê de Informação e Informática em Saúde do Ministério da Saúde (CIINFO/MS).

A Equipe de Elaboração do PDTIC do Datasus foi instituída por meio da Portaria Nº 52 de 18 de junho de 2021. O documento foi disponibilizado para aprovação no mês de dezembro de 2021 e publicado por meio da Portaria nº 78, de 7 de fevereiro de 2022, no dia 14 de março de 2022.